Iniciar sessão

Navegar para Cima
Instituto de Investigação
em Vulcanologia e Avaliação de Riscos
Última hora:



Artigos em livros de actas ► Nacionais

 

Referência Bibliográfica


PRADA, S., CRUZ, J.V., SILVA, M.O., FIGUEIRA, C. (2012) - A água do nevoeiro como fonte de recarga na ilha da Madeira. Actas (em CD ROM) do 11º Congresso da Água “Valorizar a água num contexto de incerteza”, Porto, 10 p.

Resumo


​A aplicação de técnicas isotópicas aos estudos hidrogeológicos tem-se revelado uma ferramenta decisiva na investigação científica nomeadamente na identificação da origem da água subterrânea, datação de sistemas hídricos com determinação de tempos de circulação, velocidade e direcção de fluxo, definição de áreas de recarga, identificação de mistura entre unidades aquíferas, entre outros. As diferenças de concentração dos isótopos estáveis, 18O e 2H, nas águas da chuva (-4.8 a -6.9 para o δ18O e -29.5 a -42.1 para o δ2H), do nevoeiro (-2.0 a -4.4 para o δ18O e -8.0 a -24.0 para o δ2H) e nas subterrâneas (-4.1 a -5.4 para δ18O e -18.0 a -28.4 para o δ2H), indicam que os recursos hídricos subterrâneos da ilha da Madeira, ​resultam da mistura entre água da chuva e do nevoeiro, captada pela abundante vegetação da ilha. 

Observações


Anexos