Iniciar sessão

Navegar para Cima
Instituto de Investigação
em Vulcanologia e Avaliação de Riscos
Última hora:



Regionais

 

DECISIONLARM - DECISIONLARM - Desenvolvimento e implementação de um sistema de apoio à decisão para alerta e alarme a movimentos de vertente com o recurso à monitorização cinemática e hidrológica e à modelação hidrológica e geotécnica.

Coordenador Científico


Paulo Alexandre Pimentel Amaral

Investigador Responsável/CVARG


Resumo


​A investigação da avaliação da perigosidade geomorfológica tem sido o principal objeto de estudo da comunidade científica da especialidade (Corominas et al., 2005) de forma a compreender os mecanismos envolvidos na geração da instabilidade de vertentes de modo a contribuir para um melhor planeamento e ordenamento do território, assim como para prevenir e/ou mitigar o impacte de futuras ocorrências.

A monitorização de vertentes instáveis envolvendo o uso de diversas técnicas revela-se de extrema importância na avaliação quantitativa dos processos físicos, avaliando-se as pressões neutras positivas, as velocidades, os tipos de mecanismos e o tipo de estragos que se podem originar, essenciais na minimização do risco geomorfológico.

No arquipélago dos Açores, o estudo direcionado a movimentos de vertente restringe-se à avaliação da suscetibilidade (Marques, 2013) e para a utilização de técnicas topográficas de monitorização aplicadas a movimentos de vertente (Amaral, 2010), sendo uma lacuna a inexistência de estudos específicos para os processos hidrológicos que ocorrem em profundidade e que são responsáveis pela ativação/reativação de movimentos de vertente profundos. Neste sentido, o conhecimento dos processos hidrológicos torna-se imprescindível para o entendimento dos mecanismos que promovem a instabilidade geomorfológica (e.g., Crosta, 1998).

A capacidade de predizer acelerações e o comportamento a longo e médio prazos de deslizamentos, com planos de rotura profundos é um requisito fundamental no processo de gestão do risco e, em particular, na criação de sistemas de alerta em tempo útil, durante períodos de crises geomorfológicas. Este aspeto é relevante quando as medidas de estabilização não são economicamente viáveis e/ou o realojamento de pessoas coloca graves problemas sociais. Neste sentido, os sistemas de alerta e alarme são uma alternativa de baixo custo para a redução do risco, com impacto ambiental e económico reduzido.

O presente projeto de investigação tem como principais objetivos: (1) Caracterização física, hidrológica e mecânica de depósitos vulcânicos com uma importante componente argilosa; (2) Monitorização cinemática e hidrológica de um deslizamento translacional/rotacional, com planos de rotura profundos; Implementação de uma rede de monitorização constituída por inclinómetros, piezómetros e uma estação meteorológica; (3) Avaliação da suscetibilidade de movimentos de vertente à escala da bacia. Para este objetivo serão cartografados os processos de instabilidade nas suas mais variadas tipologias, aplicando-se técnicas probabilísticas (e.g., valor informativo) de modo a avaliar o grau de propensão do território à instabilidade geomorfológica. (4) Modelação da estabilidade com o recurso a modelos determinísticos hidrológicos acoplados a modelos geotécnicos, que assentam na aplicação de modelação hidromecânica e análises do fluxo de água para simular o comportamento geomecânico e hidrológico. (6) Definição de limiares críticos de pressão de água no solo capazes de gerar e/ou reativar a instabilidade de vertentes; e (7) Implementação de um sistema de apoio à decisão para alerta e alarme ao movimento de vertente que ocorre a montante do núcleo urbano do Lajedo, com base nos dados provenientes da monitorização e no resultado alcançado pelos modelos dinâmicos de estabilidade, considerando a variação temporal do sistema hidrológico e as propriedades mecânicas do solo. Para este desidrato, os dados produzidos serão disponibilizados em página internet de acesso livre.

​​​​

Outros Investigadores


​Ana Maria Mota de Albergaria Pacheco Malheiro (LREC)
Filipe Miguel Palma Santos Passos Marques (LREC)
Letícia da Conceição Melo Moniz (LREC)
Roberto Dutra (LREC)
Rui Monteiro (DRA)
Sílvia Furtado (DRA)

Outras Instituições


Ficha de Projecto


DECISIONLARM
Desenvolvimento e implementação de um sistema de apoio à decisão para alerta e alarme a movimentos de vertente com o recurso à monitorização cinemática e hidrológica e à modelação hidrológica e geotécnica.
Entidade financiadora: FEDER e FSE
Coordenador Científico: Paulo Alexandre Pimentel Amaral
Investigador Responsável no IVAR: Rui Tiago Fernandes Marques
Duração: 2016 - 2018
Total: 149.962,12€

Data de Início

01-01-2016
Data de Encerramento

31-12-2018

Anexos


Unidades Científicas


Unidades Científicas Operacionais